Produtores de cana de Alagoas migram para grãos, aponta IBGE

July 24, 2017

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estima uma safra recorde de grãos em Alagoas para este ano. Segundo o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de junho, divulgado pelo órgão há uma semana, o Estado terá uma produção de 80.143 toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas, um aumento de 109,8% em relação à safra passada. O aumento da produção deste ano é influenciado pela ampliação da área plantada, cuja estimativa é de 88.594 hectares – um aumento de 253,4% em relação ao ano passado.

O secretário estadual da Agricultura, Álvaro Vasconcelos, atribui o possível bom resultado à mudança de culturas nas lavouras do Estado. Como a Gazeta de Alagoas mostrou na edição do fim de semana, aos poucos a cultura da cana-de-açúcar vai dando espaço para outras lavouras, como milho e soja.

“Muitos plantadores de cana-de-açúcar optaram pelos grãos devido a uma série de fatores que tornaram outras culturas mais competitivas, inclusive em relação às condições climáticas, que farão esta safra bater recordes”, explica.“Alagoas sai de um longo período de seca que nos castigava. Mesmo que se plantasse não nascia. Agora temos o clima a nosso favor”, ressalta.

Outro ponto destacado por Álvaro Vasconcelos é a diversificação nas culturas trabalhadas pelos agricultores no Estado. Segundo informações da secretaria, as tradicionais culturas de milho e feijão são as mais praticadas no Estado, principalmente pelos pequenos e médios produtores.

Além destas culturas, a soja vem despontando como investimento para vários agricultores alagoanos que decidiram apostar no grão e tem alcançado bons resultados. No município de Jundiá, de acordo com a Secretaria de Agricultura, são plantados 47 tipos diferentes de soja.

Um dos produtores que investem em soja em Alagoas, Everaldo Tenório ressalta que o Estado está despertando para novos horizontes na agricultura, deixando para trás a monocultura da cana-de-açúcar. O agricultor, que também tem investimentos no estado do Mato Grosso, o maior produtor de soja do País, diz que o bom resultado será confirmado na safra deste ano, deixando claro que a diversificação de cultura é possível no Estado

 

Fonte: Gazeta de Alagoas

Please reload

Encontrou algum problema no site? Nos explique melhor aqui.