Moagem cresce 10,5% e produção de etanol avança 39,3%

May 25, 2018

 

As usinas e destilarias do Centro-Sul do Brasil processaram 42,64 milhões toneladas de cana-de-açúcar na primeira quinzena de maio da safra 2018/2019. O volume é 10,55% maior do que o total de 38,573 milhões de toneladas moídas em igual período da safra passada. Segundo dados apresentados pela União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) - às 11h10, com 10 minutos de atraso em relação ao anunciado -, no acumulado da safra até 16 de maio, o processamento foi de 102,521 milhões de toneladas, alta de 27,33% sobre igual período da safra 2017/2018, quando foram processadas 80,518 milhões de toneladas de cana.

Com 63,42% da oferta total de cana destinada ao etanol e 36,58% ao açúcar, a produção do adoçante atingiu 1,907 milhão de toneladas na quinzena inicial de maio, baixa de 9,88% sobre igual período de 2017, e acumula 4,148 milhões de toneladas na safra, aumento de 4,87% ante 2017/2018. Já a fabricação do biocombustível somou 2,072 bilhões de litros na primeira quinzena de maio, alta de 39,34% ante igual período da safra passada de 1,487 bilhão de litros.

Foram produzidos 1,415 bilhão de litros de hidratado, alta de 67,59% e 657 milhões de litros de anidro, aumento de 2,33% na mesma base de comparação quinzena. "A produção de etanol hidratado é expressiva, especialmente considerando tratar-se do início da safra canavieira no Centro-Sul. Até hoje, apenas a última quinzena de agosto da safra 2010/2011 registrou um volume superior, com 1,50 bilhão de litros fabricados", informou a Unica.

No acumulado da safra 2018/2019, 4,813 bilhões de litros de etanol foram produzidos, aumento de 58,73% sobre igual período do ano passado. Do volume total de etanol fabricado até 16 de maio, 3,573 bilhões de litros foram de hidratado, alta de 81,25%, e 1,240 bilhão de litros de anidro, alta de 8,85% ante o mesmo período da safra passada.

O teor de sacarose na cana, medido na quantidade de Açúcar Total Recuperável por tonelada processada (ATR/t), foi de 128,26 quilos (kg) na quinzena inicial de maio, 4,30% superior ao de igual período da safra passada. No acumulado da safra, o teor de sacarose está em 120,54 kg de ATR/t, alta de 3,37% sobre 2017/2018 (Broadcast, 24/5/18)

Please reload

Encontrou algum problema no site? Nos explique melhor aqui.