Mesmo com queda na taxa cambial, IICP mantém alta em outubro

November 29, 2018

 Apesar da queda da taxa de câmbio, os custos de produção no campo registraram alta de 0,67% em outubro. A valorização sazonal dos preços dos fertilizantes e herbicidas influenciou no resultado que apresentou uma desaceleração no último mês, conforme aponta o Índice de Inflação dos Custos de Produção (IICP), divulgado nesta quinta-feira (29/11) pelo Sistema Farsul. O acumulado do ano também foi marcado por alta de 11,47%, e em 12 meses, 12,65%, ambos influenciados pela variação cambial que chegou a 18% nos últimos 12 meses.

 

A taxa de câmbio também foi responsável por uma redução de 0,66% nos valores recebidos pelos produtores, como registra o Índice de Preços Recebidos pelo Produtor (IIPR). A valorização no acumulado do ano é de 23,40% e de 28,04% em 12 meses. Na comparação entre o IICP e o IPCA, há aumento em ambos, porém com maior crescimento no primeiro, com 12,65% contra 4,56%. No caso do IIPR e IPCA Alimentos, é novamente comprovada a falta de relação entre ambos, tendo o IIPR apresentado uma trajetória de alta desde março deste ano, enquanto o IPCA Alimentos teve a primeira alta somente em junho, após alguns meses de queda.

Please reload

Encontrou algum problema no site? Nos explique melhor aqui.