Soja trabalha em campo positivo nesta 4ª feira em Chicago em ajuste técnico depois das baixas

January 16, 2019

Os preços da soja sobem na manhã desta quarta-feira (16) na Bolsa de Chicago. Depois de perderem mais de 10 pontos no pregão anterior, sentindo, principalmente, a preocupação sobre as relações comerciais entre China e Estados Unidos, as cotações passam por um movimento de correção, com o mercado ainda sem direção e dando continuidade à essa passagem pelos dois lados da tabela como vem acontecendo nos últimos dias. 

 

 

Perto de 8h (horário de Brasília), os futuros da commodity subiam entre 4,50 e 5 pontos, com o março ainda abaixo dos US$ 9,00, valendo US$ 8,98 por bushel, enquanto o maio/19 tinha US$ 9,11. 

 

Os ganhos entre as cotações, porém, ainda são bastante frágeis, uma vez que, embora já conhecida, a falta de notícias novas limita as movimentações em Chicago, e tira o ânimo dos traders em torno das especulações.A colheita em andamento no Brasil dá ainda mais força para esse cenário. 

 

China e Estados Unidos continuam a negociar, porém, as informações sobre esse possível avanço nas conversas não chegam ao mercado. Entre 30 e 31 de janeiro, as delegações dos dois países voltam a se encontrar, dessa vez em Washington. 

 

Segundo informou a Reuters nesta quarta, "o representante de Comércio dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, garantiu a parlamentares que empresas poderão pedir exclusão de tarifas sobre 200 bilhões de dólares em bens sob discussão com Pequim se as negociações não renderem um acordo até o prazo de 2 de março".

 

Por: Carla Mendes

Please reload

Encontrou algum problema no site? Nos explique melhor aqui.