Alertas do Agronegócio leva demandas do setor para o Executivo e o Legislativo

May 20, 2019

Uso indiscriminado de antibiótico na pecuária, sementes piratas, logística, tecnologia e segurança no campo são alguns dos pontos abordados

 

Ajudar os agropecuaristas a resolver problemas diários,  contribuir para que os produtores rurais aumentem a rentabilidade e fortalecer o agronegócio. Estes são os principais objetivos do “Alertas do Agronegócio”, que reúne importantes demandas do setor.

 O projeto foi desenvolvido por Rodrigo Capella, diretor geral da Ação Estratégica – Comunicação e Marketing, com base na experiência dele (atua em agronegócio desde 2004), visitas a fazendas, conversas com produtores e prosas com profissionais deste relevante setor. 

 

Capella já entregou o “Alertas do Agronegócio” para representantes do Executivo e do Legislativo, como a senadora Mara Gabrilli, os deputados federais Nelson Barbudo e Tabata Amaral, o deputado estadual Frederico D´avila e para o Secretário de Agricultura do Estado de São Paulo, Gustavo Junqueira. Outros representantes receberão, em breve, o “Alertas do Agronegócio”.

 

O projeto aborda temas importantíssimos, como, por exemplo, uso indiscriminado de antibiótico na pecuária, sementes piratas, logística, tecnologia e segurança no campo.

 

Sobre a segurança no campo, é visível o constante roubo de gado, invasões de propriedade e destruição de cultivos. “Cabe ao governo, então, intensificar a segurança das propriedades rurais, com monitoramento intensivo e qualificado.

 

É importante capacitar os profissionais do policiamento com cursos sobre as características rurais para ajudar nas práticas corretas e eficazes de defesa do campo, além de munir estes profissionais com os equipamentos necessários para tal prática ganhar constância”, sustenta Capella.

 

Rodrigo Capella

Please reload

Encontrou algum problema no site? Nos explique melhor aqui.