São Martinho estima avanço de 8% no processamento de cana em 2019/20

June 25, 2019

A produtora de açúcar e etanol São Martinho estima que processará 22 milhões de toneladas de cana na temporada 2019/20, um aumento de 8% em comparação com o ano anterior, segundo fato relevante divulgado nesta segunda-feira, em que a empresa informa seu “guidance” para a safra.

O aumento da moagem vai se dar como “resultado de melhores condições climáticas e projetos voltados ao aumento da produtividade”, disse a companhia, uma das maiores do setor no Brasil.

A empresa acrescentou que a concentração média de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) em 2019/20 deverá ser de 139 kg por tonelada, uma retração de 2% ante a safra anterior.

A São Martinho previu ainda uma produção de 1,4 milhão de toneladas de açúcar e 915 milhões de litros de etanol em caso de o mix atingir limite máximo em favor do adoçante, e de 1,055 milhão de toneladas de açúcar e 1,1 bilhão de litros de etanol se o mix favorecer o etanol em seu máximo.

Além disso, o volume de energia cogerada a partir do bagaço de cana deve ficar entre 905 e 910 gigawatts-hora. Em ambos os casos, a quantia é superior aos 829 GWh de energia cogerada em 2018/19.

 

Em comunicado separado sobre os resultados da safra 2018/19, a São Martinho informou que a produção de açúcar somou 992 milhões de toneladas, queda de 29,5% ante a temporada anterior, e que a produção de etanol avançou 15%, para 1,1 bilhão de litros.

A empresa disse ainda que o lucro líquido na temporada 2018/19 somou 314 milhões de reais, queda de 36,1%.

Please reload

Encontrou algum problema no site? Nos explique melhor aqui.